20 lugares em Espanha que não sabias que existiam 1
Espanha

20 lugares em Espanha que não sabias que existiam

Espanha está mesmo aqui ao lado, mas muitas vezes é a nossa última escolha… Isso acontecia comigo quando estava em Portugal! De Espanha conhecia os mesmos sítios de sempre, aos que ia uma e outra vez: costa galega, Sanxenxo, Santiago, Salamanca, Barcelona e pouco mais…

Mas agora que aqui vivo e que me dei conta de que o país é tão grande e tem tanto que ver, tento pelo menos 1 vez por mês ir a algum lado que não conheça. E nos últimos 3 anos visitei um montão de lugares que antes não estavam nos meus planos: Segóvia, Acalá de Henares, Toledo, Cuenca, Cáceres, Burgos, Bilbao, San Sebastian, Bermeo, Mundaka, Portugalete, Haro, Medinaceli, Aranjuez, Gaztelugatxe, Plasencia, Mojácar… E muitos outros que ficam de fora da lista por falta de “espaço”, mas não por falta de interesse!

Deixo aqui uma lista de 20 lugares em Espanha que provavelmente nem sabias que existiam, ou talvez sim, e que vão muito mais além das típicas capitais das comunidades autónomas! Aproveita e não te esqueças de comentar sobre os lugares que já visitaste e quais aconselhas!

 

20 lugares incríveis para visitar em Espanha que não sabias que existiam

1 – Lago subterráneo nas Cuevas del Drach (Maiorca)

cuevas del drach, top 10, lugares em espanha, o que ver em espanha, conhecer espanha
(fonte: wikimedia commons)

Quatro grutas que se estendem por 2,4 quilómetros e chegam aos 25 metros de profundidade. As Cuevas del Drach estão situadas em Porto Cristo, uma encantadora vila de pescadores na costa leste da ilha. Lá dentro, vais descobrir um mundo subterrâneo de estalactites, estalagmites e formações rochosas de incrível beleza. Mas o que torna estas grutas realmente especiais é o Lago Martel, um dos maiores lagos subterrâneos do mundo, onde poderás assistir a um concerto de música clássica ao vivo e atravessar o lago de barco ou a pé. As visitas cuevas drach duram cerca de uma hora e incluem um guia que te explicará tudo sobre a história e as características destas maravilhas naturais. Não percas esta oportunidade de conhecer um dos tesouros mais impressionantes de Maiorca.

 

2 – Um imponente arco natural de rocha (Astúrias)

olho de boi, asturias, top 10, lugares em espanha, o que ver em espanha, conhecer espanha
(fonte: foro.asturmet.com)

Chama-se Olho de Boi pela sua forma redonda quase perfeita. Está localizado no cume do Peña Mea, um monte com 1557 metros de altura. O Olho de Boi é uma formação rochosa que se assemelha a um olho gigante, situada no cume da montanha Peña Mea1. Para chegar lá, tens que fazer uma caminhada desafiante, mas que vale a pena pelo espetáculo natural que vais encontrar. O Olho de Boi tem cerca de 20 metros de diâmetro e oferece uma vista panorâmica sobre os vales e as serras das Astúrias. É um lugar perfeito para tirar fotografias, respirar ar puro e sentir a magia da natureza. Se queres viver uma aventura inesquecível nas Astúrias, não percas a oportunidade de visitar o Olho de Boi, um dos tesouros mais impressionantes desta região. Podes comprar o teu bilhete online ao melhor preço e garantir a tua hora de entrada no parque natural onde se encontra o Olho de Boi.

 

3 – Uma peculiar paisagem de arenito (Navarra)

bardenas reales navarra, top 10, lugares em espanha, o que ver em espanha, conhecer espanha
(fonte: wikimedia commons)

Bardenas Reales de Navarra, um local semidesértico onde os solos argilosos sofreram erosão pela água e o vento de uma forma bastante curiosa. As Bardenas Reales são um parque natural de 42.500 hectares, declarado Reserva da Biosfera pela UNESCO. Isto significa que vais encontrar um espaço de grande riqueza biológica em que se respeita o desenvolvimento sustentável. As Bardenas Reales são umas das paisagens mais surpreendentes de Espanha, com um aspeto quase lunar, formado pela erosão da água, do vento e do sol. Aqui podes ver ravinas, cabeços, planaltos e montanhas de diferentes cores e formas, que parecem saídos de outro planeta. Um dos pontos mais emblemáticos é o Castildetierra, um cabeço coroado por uma enorme rocha, que se tornou num símbolo das Bardenas Reales. Se gostas de natureza e aventura, não podes perder a oportunidade de explorar este parque natural a pé, de bicicleta ou de carro. Podes percorrer os seus caminhos e trilhos, observar as mais de 20 espécies de aves que habitam o lugar, ou simplesmente desfrutar da tranquilidade e do silêncio deste deserto. As Bardenas Reales de Navarra são um destino imperdível para quem procura uma experiência diferente e inesquecível.

4 – Paraíso silencioso escondido à beira-mar (Astúrias)

praia silencio, top 10, lugares em espanha, o que ver em espanha, conhecer espanha
(fonte: wikimedia commons)

Para chegar à Praia do Silencio é preciso ir até à aldeia de Castañeras e descer por umas escadas bastante íngremes até à areia. A Praia do Silencio é uma das praias mais bonitas e tranquilas que podes encontrar no Mar Cantábrico. Está situada na localidade de Castañeras, no município de Cudillero, a cerca de 15 quilómetros da capital. Para chegar lá, tens que deixar o carro num estacionamento e seguir um caminho de cerca de 10 minutos, que te leva até aos pés de um impressionante barranco2. A praia tem cerca de 500 metros de comprimento e é formada por pedras e seixos, que lhe dão um aspeto selvagem e natural. O que mais chama a atenção nesta praia são as rochas multiformes que se elevam sobre a água, criando um cenário espetacular. A água tem uma cor turquesa e esmeralda, que contrasta com o verde das falésias e o azul do céu. É um lugar perfeito para relaxar, desfrutar do silêncio e admirar a beleza da natureza. A praia está integrada numa área protegida pela UNESCO, pela sua riqueza biológica e pelo seu desenvolvimento sustentável. Aqui podes observar várias espécies de aves, como gaivotas, corvos-marinhos e falcões. Se gostas de caminhar, podes percorrer os trilhos que rodeiam a praia e descobrir outros miradouros com vistas incríveis

 

5 – Uma praia escondida entre penhascos (Sa Calobra, Maiorca)

sa calobra, maiorca, top 10, lugares em espanha, o que ver em espanha, conhecer espanha
(autor: Morfheos / Flickr CC)

São apenas 25 metros de areia escondidos no fundo de um penhasco de 200 metros de altura. Chama-se Sa Calobra e está em Maiorca, onde desemboca o Torrent de Pareis. Sa Calobra é uma pequena aldeia na costa norte da ilha, rodeada por um cenário natural impressionante. Para chegar lá, tens que percorrer uma das estradas mais espetaculares do mundo, com curvas impossíveis, barrancos e desníveis de filme. Sa Calobra é o ponto de partida para visitar o Torrent de Pareis, um dos cânions mais bonitos e populares de Maiorca. Aqui podes fazer uma caminhada pelo leito do rio, entre paredes de rocha que chegam a 200 metros de altura. Se preferes relaxar na praia, Sa Calobra tem duas enseadas de águas cristalinas e pedras, onde podes nadar, tomar sol e admirar a paisagem. Sa Calobra é também acessível pelo mar, desde o Port de Sóller, numa viagem de barco que te permite contemplar a beleza da costa de Maiorca.

 

6 – 6 km de túneis vulcânicos (Lanzarote, Canárias)

cueva de los verdes, lanzarote, canarias, top 10, lugares em espanha, o que ver em espanha, conhecer espanha
(fonte: wikimedia commons)

Entrar na Cueva de los Verdes é viajar até às entranhas da Terra! A Cueva de los Verdes é uma gruta formada pela lava do vulcão La Corona, que entrou em erupção há cerca de 5.000 anos1. É uma das maiores e mais antigas grutas vulcânicas do mundo, com mais de 6 quilómetros de extensão2. Para visitar esta gruta, tens que fazer uma visita guiada de cerca de 45 minutos, que te leva por um caminho iluminado e seguro, onde podes admirar as diferentes formas e cores da rocha3. A gruta tem várias surpresas e mistérios, como um lago subterrâneo, uma sala de concertos e um segredo que não te vamos revelar, mas que te vai deixar sem palavras4. A Cueva de los Verdes é uma obra de arte natural, que mostra a força e a beleza da natureza. É um lugar que não podes perder se queres conhecer a história e a cultura de Lanzarote.

 

7 – Castelo templario de Ponferrada (Castilla y León)

castelo templario ponferrada, top 10, lugares em espanha, o que ver em espanha, conhecer espanha
(autor: José Antonio Gil Martinez / Flickr CC)

Em El Bierzo, sobre uma colina que domina a região, está localizado o castelo templário de Ponferrada. Este é um dos castelos mais impressionantes de Espanha, situado na cidade de Ponferrada, na província de Leão. Foi construído no século XII pelos cavaleiros da Ordem do Templo, que tinham a missão de proteger os peregrinos no caminho de Santiago. O castelo tem uma planta quadrada irregular e doze torres de diferentes formas e tamanhos, que reproduzem as constelações. No seu interior, podes visitar a Biblioteca Templária e o Centro de Investigação e Estudos Históricos de Ponferrada, que conta com mais de 1.400 livros, entre eles fac-símiles de obras de Leonardo Da Vinci. O castelo é também um cenário de filmes e séries, como El Cid

 

8 – Aldeia (literalmente) na rocha (Setenil de las Bodegas, Cádiz)

setenil de las bodegas, top 10, lugares em espanha, o que ver em espanha, conhecer espanha
(autor: manuelfloresv / Flickr CC)

O engenho humano, e a passagem do rio Guadalporcún, fizeram com que fosse possível construir casas debaixo de uma enorme rocha na aldeia de Setenil de las Bodegas. Esta é uma das aldeias mais pitorescas e originais que podes encontrar na Andaluzia, declarada Conjunto Histórico-Artístico em 1985. O que a torna especial é que as suas casas estão construídas debaixo das rochas, aproveitando a fenda aberta pelo rio Guadalporcún nos detritos vulcânicos. As ruas mais famosas são as Cuevas del Sol e as Cuevas de la Sombra, que recebem esses nomes pela quantidade de luz ou sombra que recebem das rochas que as cobrem. Aqui podes desfrutar da arquitetura típica dos Pueblos Blancos, da gastronomia local e do vinho produzido na zona.

 

9 – Aldeia na borda de um penhasco basáltico (Girona)

castellfollit de la roca, girona, top 10, lugares em espanha, o que ver em espanha, conhecer espanha
(autor: SBA73 / Flick CC)

Castellfollit de la Roca foi de tal forma construído na borda de um penhasco, que parece ter uma muralha (neste caso natural). Esta é uma das aldeias mais pequenas e encantadoras da Catalunha, situada na comarca da Garrotxa. O seu principal atrativo é o seu penhasco basáltico, que tem mais de 50 metros de altura e quase um quilómetro de comprimento, formado pela erosão dos rios Fluvià e Toronell. Sobre este penhasco, erguem-se as casas pintadas de branco, que contrastam com o negro da rocha e o verde da paisagem. A aldeia faz parte do Parque Natural da Zona Vulcânica da Garrotxa, onde podes ver vulcões extintos e florestas exuberantes.

 

10 – Las Médulas (Castilla y León)

las medulas, top 10, lugares em espanha, o que ver em espanha, conhecer espanha
(fonte: wikimedia commons)

Uma paisagem espectacular formada por uma antiga exploração mineira da época romana. Este é um dos lugares mais impressionantes de Espanha, declarado Património da Humanidade pela UNESCO em 1997. Trata-se de uma paisagem formada pela exploração mineira do ouro pelos romanos há mais de 2.000 anos. Os romanos usaram um sistema de canais e túneis para inundar as montanhas e extrair o metal precioso. O resultado foi uma série de colinas vermelhas, que contrastam com o verde dos castanheiros e dos carvalhos. Aqui podes fazer várias rotas de caminhada, observar as ruínas das antigas minas e admirar as vistas espetaculares sobre o vale do rio Sil.

 

11 – Um santuário entre uma gruta e uma cascata (Astúrias)

santa cueva, covadonga, asturias, top 10, lugares em espanha, o que ver em espanha, conhecer espanha
(autor: Alvaro Galve / Flickr CC)

Assim é a Santa Cueva de Covadonga, um santuário mariano construído numa gruta natural escavada por um curso de água que incluía a cascata que se vê “por trás” do santuário e não pára de atrair turistas. Este é um santuário católico situado nas estribações do Monte Auseva, que dá nome à paróquia de Covadonga, no concelho de Cangas de Onís. É um lugar cheio de história e simbolismo, pois aqui se refugiou o rei Pelayo e os seus guerreiros na famosa Batalha de Covadonga, considerada o início da Reconquista cristã da Península Ibérica. Na gruta, podes ver a imagem da Virgem de Covadonga, conhecida como a Santina, que segundo a tradição ajudou os cristãos na sua vitória. Também podes ver as sepulturas de Pelayo e da sua esposa Gaudiosa, bem como uma capela neorromânica dedicada à Virgem.

 

12 – Macarelleta e Macarella, as praias que parecem piscinas naturais (Menorca)

macarelleta, top 10, lugares em espanha, o que ver em espanha, conhecer espanha
Macarelleta (autor: hugos007 / Flickr CC)

Duas das mais famosas calas da ilha de Menorca, mas que mais parecem piscinas naturais, devido ao ambiente que as rodeia e à calma das suas águas. Estas são duas das praias mais bonitas e paradisíacas que podes encontrar na ilha de Maiorca, na comunidade autónoma das Ilhas Baleares. São duas enseadas de areia branca e fina, rodeadas por falésias cobertas de pinheiros e banhadas por águas cristalinas de cor turquesa. As calas estão situadas no sul da ilha, no município de Ciutadella, e fazem parte do Parque Natural S’Albufera des Grau. Para chegar até elas, tens que fazer uma caminhada por um caminho bem sinalizado, que te oferece vistas espetaculares sobre o mar Mediterrâneo

 

13 – Recinto amuralhado junto à praia (Tossa de Mar)

tossa de mar, top 10, lugares em espanha, o que ver em espanha, conhecer espanha
(fonte: wikimedia commons)

As calas de água transparente e a fortaleza junto ao mar, fazem da praia de Tossa de Mar uma das mais fotogénicas da Costa Brava. Esta é uma das vilas mais bonitas e encantadoras da Costa Brava, situada na província de Girona. O seu principal atrativo é o seu centro histórico, conhecido como a Vila Vella, que está rodeado por uma muralha medieval com sete torres circulares. Dentro da muralha, podes ver as ruínas do castelo de Tossa, a igreja gótica de Sant Vicenç e as casas típicas dos pescadores. Fora da muralha, podes desfrutar das suas praias de areia dourada e água cristalina, como a Platja Gran, a Platja d’es Codolar e a Platja de la Mar Menuda.

 

14 – Rio turquesa (Navarra)

urederra, navarra, top 10, lugares em espanha, o que ver em espanha, conhecer espanha
(fonte: wikimedia commons)

Chama-se Urederra e significa “água bonita”. Nasce no Parque Natural Urbasa Andía e desemboca num afluente do rio Ebro. Este é um dos rios mais bonitos e mágicos de Espanha, que nasce no Parque Natural de Urbasa-Andía, na província de Navarra. O seu nome significa “água bonita” em basco, e não é por acaso. O rio tem uma cor azul turquesa que hipnotiza quem o vê, graças ao alto teor de carbonato cálcico das suas águas. Ao longo do seu percurso, o rio forma várias cascatas, poços e lagoas, rodeados por uma vegetação exuberante. Para visitar este rio, tens que fazer uma rota circular de cerca de 6 quilómetros, que começa e termina na aldeia de Baquedano.

 

15 – Uma escada sobre o mar (San Juan de Gaztelugatxe)

gaztelugatxe, top 10, lugares em espanha, o que ver em espanha, conhecer espanha
(fonte: wikimedia commons)

Gaztelugatxe é uma pequena ilhota na costa de Bermeo, no País Basco. Não tem nada excepto uma pequena igreja, mas é a escadaria que liga a ilha ao continente que fazem do lugar uma atracção turística. Quem chegar até à ilha deve subir à igreja e tocar a sineta que lá está. Este é um dos lugares mais espetaculares e emblemáticos do País Basco, situado na costa de Biscaia. Trata-se de um ilhéu rochoso que está unido ao continente por uma ponte de pedra com 241 degraus. No topo do ilhéu, há uma ermida dedicada a São João Batista, que data do século X. Segundo a tradição, quem chega à ermida deve tocar o sino três vezes e pedir um desejo. O lugar tem uma vista incrível sobre o mar Cantábrico e as falésias que o rodeiam. É também um cenário da famosa série Game of Thrones, onde representa a ilha de Rocadragón.

 

16 – Uma aldeia “para lá da gruta” (Astúrias)

cuevas del agua, asturias, top 10, lugares em espanha, o que ver em espanha, conhecer espanha
(fonte: desdelpicu.blogspot.com)

Chama-se Cuevas del Agua e para lá chegar é necessário atravessar uma gruta com cerca de 300 metros. Esta é uma das aldeias mais curiosas e originais que podes encontrar nas Astúrias, situada no concelho de Ribadesella. O que a torna especial é que para chegar até ela tens que atravessar uma gruta natural com mais de 300 metros de comprimento, chamada Cuevona. A gruta tem iluminação artificial e um caminho asfaltado, pelo que podes ir a pé ou de carro. Dentro da gruta, podes ver estalactites, estalagmites e formações rochosas de diferentes cores e formas. Na aldeia, podes desfrutar da arquitetura rural asturiana, da gastronomia local e da tranquilidade do lugar.

 

17 – Uma praia interior (Astúrias)

gulpiyuri, asturias, top 10, lugares em espanha, o que ver em espanha, conhecer espanha
(fonte: wikimedia commons)

O nome desta esquisita praia é Gulpiyuri e encontra-se a 100 metros de distância do mar, no meio dos prados! O que aconteceu? A costa é formada por arribas de origem carste e o mar ao longo do tempo foi formando uma gruta em direcção à costa. Ao mesmo tempo uma das zonas desta gruta afundou e criou esta fantástica “praia interior”. Esta é uma das praias mais singulares e surpreendentes que podes encontrar nas Astúrias, declarada Monumento Natural em 2001. Trata-se de uma praia interior situada num prado verdejante, a cerca de 100 metros do mar Cantábrico. A praia tem cerca de 40 metros de comprimento e é formada por uma dolina, que é uma depressão circular no solo causada pela erosão da água. A água do mar chega à praia através de um túnel subterrâneo, criando uma pequena lagoa de água salgada. A praia é acessível a pé desde a aldeia de Naves, num caminho de cerca de 15 minutos.

 

18 – Bosque do terror (La Gomera, Canárias)

parque nacional garajonay, la gomera, canarias, top 10, lugares em espanha, o que ver em espanha, conhecer espanha
(fonte: wikimedia commons)

Na pequena ilha de La Gomera, nas Canárias, encontramos um bosque húmido, frondoso e quase sempre envolvido pelo nevoeiro… É Património da Humanidade e chama-se Parque Nacional de Garajonay. Este é um dos lugares mais misteriosos e assustadores que podes encontrar em Espanha, situado na ilha de La Gomera, na comunidade autónoma das Canárias. Trata-se de um bosque de loureiros que está envolto numa névoa permanente, que lhe dá um aspeto fantasmagórico. O bosque faz parte do Parque Nacional de Garajonay, declarado Património da Humanidade pela UNESCO em 1986. Aqui podes fazer várias rotas de caminhada, observar a flora e a fauna endémicas da ilha e sentir a atmosfera mágica e mítica do lugar.

 

19 – Uma aldeia medieval coroada por um Castelo (Tarragona, Catalunha)

miravet, catalunha, top 10, lugares em espanha, o que ver em espanha, conhecer espanha
(fonte: wikimedia commons)

Miravet é uma aldeia que parece trepar pelas encostas do rio Ebro, até chegar às muralhas e ao castelo templário no cimo da colina. Esta é uma das vilas mais bonitas e históricas que podes encontrar na Catalunha, situada na província de Tarragona. O seu principal atrativo é o seu castelo templário, que foi construído no século XII sobre uma antiga fortaleza árabe. O castelo tem uma planta triangular e está situado num promontório rochoso sobre o rio Ebro, oferecendo uma vista panorâmica sobre a paisagem. No seu interior, podes ver a igreja românica, o claustro gótico e as salas dos cavaleiros templários. A vila também conserva o seu encanto medieval, com as suas casas brancas, as suas ruas estreitas e a sua igreja barroca.

 

20 – Uma aldeia medieval à beira de um enorme rochedo (Catalunha)

siurana de prades, top 10, lugares em espanha, o que ver em espanha, conhecer espanha
(fonte: wikimedia commons)

É considerada uma das aldeias mais bonitas da Catalunha, tanto pela localização como pelo ambiente ao seu redor. É conhecido como Siurana de Prades ou de Tarragona e possui umas vistas fantásticas para o vale do rio Siurana. Esta é uma das aldeias mais encantadoras e pitorescas que podes encontrar na Catalunha, situada na comarca do Priorat, na província de Tarragona. A aldeia está situada no cimo de um penhasco rochoso, que domina o vale do rio Siurana. A aldeia conserva o seu aspeto medieval, com as suas casas de pedra, as suas muralhas e a sua igreja românica do século XII. Aqui podes desfrutar da tranquilidade e da beleza do lugar, bem como praticar atividades como caminhadas, escalada ou canoagem.

Qual o vosso favorito?

flecha azul separadora

PROGRAMA A TUA VIAGEM

Reserva os teus voos baratos através do Skyscanner.

Reserva o teu hotel no Booking, com toda a garantia e segurança de uma plataforma mundialmente reconhecida.

Descobre as melhores atividades do teu destino com a Civitatis! Entradas para museus, espetáculos e muito mais.

Chegaste ao aeroporto e procuras um transfer privado para te levar ao hotel ou ao centro da cidade? Aqui estão as melhores opções!

Contrata o teu seguro de viagens com a IATI através dos nossos links e recebe 5% de desconto!

À procura de estacionamento em Portugal, Espanha, França ou Itália? Reserva o teu lugar de estacionamento com antecedência na Parclick!

Faz as tuas reservas através dos links parceiros que te deixo no final de cada artigo. Ao utilizares estes links NÃO PAGAS MAIS e ajudas-me a manter o blog, já que recebo uma pequena comissão por cada venda. Muito obrigada!

2 Comments

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.