O que ver e visitar em Portalegre 1
Portugal,  Europa

O que ver e visitar em Portalegre

Hoje vamos falar-te de uma cidade que talvez não conheças muito bem, mas que tem muito para te surpreender: Portalegre. Neste artigo, vamos mostrar-te o que ver em Portalegre, uma das cidades mais fascinantes do Alentejo, com um património histórico, cultural e natural impressionante. Vais ficar a saber quais são os principais monumentos, museus, parques e cascatas que não podes perder nesta cidade, bem como algumas dicas de alojamento, gastronomia e enoturismo. Fica connosco até ao final e descobre tudo o que Portalegre tem para te oferecer.

O que é Portalegre e onde fica?

Portalegre é a capital do distrito e da região do Alto Alentejo, situada no sopé da Serra de São Mamede, a cerca de 220 km de Lisboa e 170 km de Coimbra. É uma cidade com cerca de 15 mil habitantes, que conserva o seu traçado medieval e o seu charme alentejano. Portalegre foi fundada no século XIII por D. Afonso III, que lhe concedeu foral em 1259. Foi uma cidade importante na época dos Descobrimentos, pois daqui saíram muitos navegadores e exploradores, como Pedro Álvares Cabral, Diogo Cão e Fernão de Magalhães. No século XVIII, Portalegre tornou-se um centro industrial de referência, graças à produção de têxteis, cortiça e tapeçarias. Hoje em dia, Portalegre é uma cidade que combina a sua rica história com a sua beleza natural, oferecendo aos visitantes uma variedade de atrações e experiências.

O que ver e visitar em Portalegre 2

O que ver e visitar em Portalegre: os principais monumentos

Portalegre tem um centro histórico muito bem preservado, onde se podem admirar vários monumentos de diferentes épocas e estilos. Aqui ficam alguns dos mais emblemáticos:

  • Catedral de Portalegre: é o monumento mais importante da cidade, construído entre os séculos XV e XVI, no estilo gótico tardio. A sua fachada é imponente, com três portais decorados com esculturas e um grande rosáceo. No interior, destacam-se o retábulo-mor renascentista, as pinturas maneiristas do teto da nave e as capelas laterais com azulejos barrocos. A catedral está aberta todos os dias das 9h às 18h e a entrada é gratuita.
  • Castelo de Portalegre: é uma fortaleza medieval que domina a cidade desde o século XIII. Foi ampliada e remodelada ao longo dos séculos, tendo adquirido um aspeto renascentista no século XVI. Do castelo original restam apenas algumas muralhas, torres e portas. No seu interior funciona atualmente o Museu Municipal de Portalegre, onde se podem ver peças de arte sacra, mobiliário antigo, cerâmica e pintura. O castelo está aberto de terça a domingo das 10h às 12h30 e das 14h às 17h30 e a entrada custa 2 euros.
  • Convento de Santa Clara: é um dos sete conventos que existem em Portalegre, fundado em 1360 por D. Leonor Teles, esposa do rei D. Fernando I. É um edifício de estilo gótico mendicante, com uma igreja simples mas elegante, onde se destaca o túmulo da fundadora. No convento funcionou durante muitos anos uma fábrica de lanifícios, que deixou marcas na sua arquitetura. Hoje em dia, o convento alberga o Centro de Artes do Espetáculo de Portalegre, onde se realizam vários eventos culturais. O convento está aberto de segunda a sexta das 9h às 17h30 e a entrada é gratuita.
  • Palácio Amarelo: é um dos edifícios mais bonitos da cidade, construído no século XVIII por D. José Maria da Fonseca Coutinho Castelo Branco, bispo de Portalegre. É um palácio de estilo barroco, com uma fachada amarela e uma escadaria monumental. No seu interior, há vários salões decorados com pinturas, azulejos e mobiliário de época. O palácio é atualmente a sede da Câmara Municipal de Portalegre e pode ser visitado mediante marcação prévia.
  • Igreja de São Lourenço: é uma das igrejas mais antigas da cidade, datada do século XIII. Foi reconstruída no século XVIII, adquirindo um aspeto barroco. A sua fachada é simples, mas o seu interior é rico em talha dourada, azulejos e pinturas. A igreja tem ainda um órgão de tubos do século XVIII, considerado um dos melhores do país. A igreja está aberta todos os dias das 9h às 18h e a entrada é gratuita.

O que ver e visitar em Portalegre 3

O que ver e visitar em Portalegre: os principais museus

Portalegre é uma cidade com uma forte vocação cultural, que se reflete na quantidade e qualidade dos seus museus. Aqui ficam alguns dos mais interessantes:

  • Museu da Tapeçaria: é um museu dedicado à arte da tapeçaria de Portalegre, que se iniciou no século XX por iniciativa de Guy Fino, um industrial francês que se apaixonou pela cidade. O museu expõe cerca de 60 tapeçarias, feitas a partir de desenhos de artistas como Almada Negreiros, Vieira da Silva, Júlio Pomar, Graça Morais e Paula Rego. As tapeçarias são verdadeiras obras de arte, que impressionam pela sua dimensão, cor e detalhe. O museu está instalado num antigo edifício industrial, que foi adaptado para o efeito. O museu está aberto de terça a domingo das 10h às 12h30 e das 14h às 17h30 e a entrada custa 2 euros.
  • Museu Robinson: é um museu que conta a história da Fábrica Robinson, uma das mais importantes fábricas de cortiça do país, fundada em 1837 por William Robinson, um inglês que se estabeleceu em Portalegre. O museu mostra o processo de transformação da cortiça em vários produtos, desde rolhas a chapéus, passando por isolamentos e revestimentos. O museu tem ainda uma coleção de máquinas antigas, documentos, fotografias e objetos relacionados com a atividade fabril. O museu ocupa parte das antigas instalações da fábrica, que se encontram em ruínas, mas que mantêm o seu caráter industrial. O museu está aberto de terça a domingo das 10h às 12h30 e das 14h às 17h30 e a entrada custa 2 euros.
  • Casa-Museu José Régio: é um museu dedicado à vida e obra de José Régio, um dos maiores escritores portugueses do século XX, que viveu em Portalegre entre 1929 e 1969. O museu está instalado na casa onde o escritor residiu durante 40 anos, conservando o seu ambiente original. Aqui se podem ver os seus móveis, livros, quadros, objetos pessoais e artísticos. O museu tem ainda uma biblioteca com cerca de 10 mil volumes e um arquivo com manuscritos, correspondência e documentos do escritor. O museu está aberto de terça a domingo das 10h às 12h30 e das 14h às 17h30 e a entrada custa 2 euros.O que ver e visitar em Portalegre 4

Outras atividades e experiências em Portalegre

Se gostas de aventura e natureza, Portalegre tem várias opções para ti. Podes fazer caminhadas, passeios de bicicleta, BTT ou jipe pelos trilhos do Parque Natural da Serra de São Mamede, onde poderás apreciar a fauna e flora diversificada, bem como as paisagens deslumbrantes. Podes também explorar as grutas e minas abandonadas da região, como a Gruta do Escoural ou a Mina de São Domingos, onde poderás ver vestígios da atividade mineira e arqueológica. Se preferes algo mais radical, podes experimentar fazer slide, rappel, escalada ou canoagem nas barragens e rios da zona.

Se gostas de cultura e história, Portalegre tem um património riquíssimo para conhecer. Podes visitar os vários museus da cidade, como o Museu da Tapeçaria, o Museu Robinson ou o Museu José Régio, onde poderás ver obras de arte, objetos antigos e documentos relacionados com a indústria, a literatura e a cultura local. Podes também admirar as várias igrejas e conventos da cidade, como a Catedral, o Convento de Santa Clara ou o Convento de São Francisco, onde poderás ver exemplos de arquitetura religiosa dos séculos XIII ao XVIII. Podes ainda fazer uma visita guiada pelo centro histórico da cidade, onde poderás ver os edifícios nobres e as ruas típicas que contam a história de Portalegre.

Se gostas de arte e criatividade, Portalegre tem uma oferta variada para ti. Podes assistir a espetáculos de teatro, música ou dança no Centro de Artes do Espetáculo de Portalegre, que funciona no antigo Convento de Santa Clara. Podes também visitar as várias galerias e ateliês de arte que existem na cidade, como a Galeria Municipal, a Galeria do Castelo ou o Atelier do Barro, onde poderás ver exposições de pintura, escultura, cerâmica ou fotografia. Podes ainda participar em workshops ou oficinas criativas que se realizam na cidade, como os de tapeçaria, cortiça ou bordados.

Dicas de alojamento, gastronomia e enoturismo em Portalegre

Se queres ficar alojado em Portalegre, tens várias opções à tua escolha. Podes optar por um hotel confortável e elegante no centro da cidade, como o Hotel José Régio ou o Hotel Santa Beatriz, onde poderás usufruir de todos os serviços e comodidades.

Podes também escolher um alojamento rural ou turismo de habitação nos arredores da cidade, como a Quinta da Matosa ou a Casa do Doutor, onde poderás desfrutar do contacto com a natureza e da tranquilidade.

Podes ainda optar por um alojamento local ou hostel mais económico e acolhedor na cidade, como o Hostel Portalegre ou o A casa da avó Bé, onde poderás conviver com outros viajantes.

Se queres provar a gastronomia típica de Portalegre, tens vários restaurantes onde podes saborear os pratos tradicionais da região. Podes experimentar as migas com carne de porco, o ensopado de borrego, o cabrito assado ou as sardinhas albardadas. Podes também deliciar-te com as sopas de tomate, de cação ou de beldroegas. Podes ainda degustar os queijos, os enchidos e o pão alentejano. Para sobremesa, podes escolher entre a boleima, a sericaia, o bolo finto ou os rebuçados de ovos.

Podes encontrar estes e outros pratos nos restaurantes O Celeiro, O Malheiro, O Alentejano ou A Tasca do Zé Russo, entre outros. Se queres conhecer o enoturismo de Portalegre, tens várias oportunidades para o fazer. Podes visitar as adegas e as vinhas da região, onde poderás aprender sobre a produção e a história do vinho de Portalegre. Podes também fazer provas de vinho e degustar os vários néctares que se produzem nesta zona, desde os tintos aos brancos, passando pelos rosés e pelos espumantes. Podes ainda participar em eventos e festivais relacionados com o vinho, como as vindimas, as feiras ou as jornadas. Podes encontrar estas e outras experiências nas adegas Tapada do Chaves, Adega Mayor, Quinta do Mouro ou Herdade do Mouchão, entre outras. Espero que tenhas gostado deste artigo sobre o que visitar em Portalegre e que te tenha inspirado a conhecer esta cidade maravilhosa.

flecha azul separadora

PROGRAMA A TUA VIAGEM

Reserva os teus voos baratos através do Skyscanner.

Reserva o teu hotel no Booking, com toda a garantia e segurança de uma plataforma mundialmente reconhecida.

Descobre as melhores atividades do teu destino com a Civitatis! Entradas para museus, espetáculos e muito mais.

Chegaste ao aeroporto e procuras um transfer privado para te levar ao hotel ou ao centro da cidade? Aqui estão as melhores opções!

Contrata o teu seguro de viagens com a IATI através dos nossos links e recebe 5% de desconto!

À procura de estacionamento em Portugal, Espanha, França ou Itália? Reserva o teu lugar de estacionamento com antecedência na Parclick!

Faz as tuas reservas através dos links parceiros que te deixo no final de cada artigo. Ao utilizares estes links NÃO PAGAS MAIS e ajudas-me a manter o blog, já que recebo uma pequena comissão por cada venda. Muito obrigada!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.