O que ver e visitar em Vila Real: 10 lugares imperdíveis 1
Portugal,  Europa

O que ver e visitar em Vila Real: 10 lugares imperdíveis

Olá, bem-vindo ao blogue Falar de Viagens, o teu guia para descobrir os melhores destinos em Portugal. Hoje vamos falar sobre o que ver e visitar em Vila Real, uma cidade histórica e encantadora no norte do país. Vila Real é a capital do distrito com o mesmo nome e da sub-região do Douro, famosa pelos seus vinhos e paisagens. Mas há muito mais para conhecer nesta cidade, que tem uma rica herança cultural, natural e gastronómica. Neste artigo, vamos mostrar-te 10 lugares que não podes perder se quiseres visitar Vila Real e aproveitar ao máximo a tua estadia. Fica connosco até ao final, porque temos uma surpresa para ti!

O que ver e visitar em Vila Real: 10 lugares imperdíveis

Sé Catedral de Vila Real

A Sé Catedral de Vila Real é um dos monumentos mais emblemáticos da cidade, situado na Avenida Carvalho Araújo. Foi construída no século XV, sobre as ruínas de uma antiga igreja românica, e é um exemplo do estilo gótico tardio. A fachada é decorada com três portais ogivais e um belo rosáceo. No interior, destacam-se os retábulos barrocos, os azulejos do século XVIII e o órgão de tubos. A Sé Catedral é também a sede da Diocese de Vila Real, criada em 1922 pelo Papa Pio XI. A entrada é gratuita e o horário de funcionamento é das 9h às 12h30 e das 14h30 às 18h.

Palácio de Mateus

O Palácio de Mateus é uma das obras-primas do barroco português, localizado a cerca de 4 km do centro da cidade. Foi mandado construir no século XVIII pelo 3º Morgado de Mateus, António José Botelho Mourão, e é atribuído ao arquiteto Nicolau Nasoni. O palácio é rodeado por um magnífico jardim, onde se encontram lagos, fontes, esculturas e um túnel de cedros. O interior do palácio alberga uma coleção de mobiliário, pintura, escultura, tapeçaria e livros antigos. O Palácio de Mateus é também conhecido pelo seu vinho rosé, que tem o mesmo nome e é produzido na região. A visita ao palácio e ao jardim custa 15 euros por pessoa e o horário de funcionamento é das 9h às 19h (última entrada às 18h).

Casa de Diogo Cão

A Casa de Diogo Cão é um edifício histórico situado na Rua Direita, no centro da cidade. Foi aqui que nasceu Diogo Cão, um dos mais famosos navegadores portugueses do século XV, que explorou a costa ocidental de África e chegou à foz do rio Congo. A casa tem uma fachada simples, com uma placa comemorativa e uma janela manuelina. No interior, funciona um núcleo museológico dedicado à vida e obra de Diogo Cão, onde se podem ver mapas, instrumentos náuticos, réplicas das suas embarcações e dos padrões que deixou nas terras que descobriu. A entrada é gratuita e o horário de funcionamento é das 10h às 13h e das 14h às 18h.

Museu da Vila Velha

O Museu da Vila Velha é um espaço cultural que ocupa o antigo edifício dos Paços do Concelho, na Praça Luís de Camões. Foi inaugurado em 2007 e tem como objetivo preservar e divulgar o património histórico, artístico e arqueológico da região. O museu está dividido em três núcleos: o núcleo arqueológico, onde se podem ver vestígios desde o paleolítico até à época romana; o núcleo de arte sacra, onde se expõem peças religiosas dos séculos XVI a XIX; e o núcleo etnográfico, onde se recriam as tradições e costumes locais. O museu tem ainda uma sala de exposições temporárias e uma loja. A entrada custa 3 euros por pessoa e o horário de funcionamento é das 10h às 18h (encerra à segunda-feira).

Santuário de Panóias

O Santuário de Panóias é um dos mais importantes monumentos romanos do país, localizado a cerca de 7 km do centro da cidade. Trata-se de um complexo religioso dedicado ao deus Serápis, composto por três capelas escavadas na rocha, ligadas por um canal de água. Nas paredes das capelas, há inscrições em latim que relatam os rituais sangrentos que ali se praticavam, envolvendo sacrifícios de animais e humanos. O santuário foi construído no século III d.C., por iniciativa de um governador romano chamado Caius Calpurnius Rufinus. Junto ao santuário, há um centro interpretativo que explica a sua história e significado. A entrada custa 1 euro por pessoa e o horário de funcionamento é das 10h às 13h e das 14h às 18h (encerra à segunda-feira).

Teatro Municipal de Vila Real

O Teatro Municipal de Vila Real é um dos principais equipamentos culturais da cidade, situado na Alameda de Grasse. Foi inaugurado em 2005 e tem uma arquitetura moderna e funcional, da autoria do arquiteto Eduardo Souto de Moura. O teatro tem uma sala principal com capacidade para 286 pessoas, onde se realizam espetáculos de teatro, música, dança e cinema. Tem ainda uma sala de ensaios, uma sala polivalente, um café-concerto e uma galeria de arte. O teatro é também a sede da Companhia de Teatro Filandorra, que desenvolve um trabalho de criação e divulgação teatral na região. O preço dos bilhetes varia consoante o espetáculo e o horário de funcionamento é das 9h às 19h (encerra ao domingo).

Parque Natural do Alvão

O Parque Natural do Alvão é uma área protegida que abrange parte dos concelhos de Vila Real e Mondim de Basto. Foi criado em 1983 e tem uma extensão de cerca de 7 mil hectares. O parque é caracterizado pela sua diversidade paisagística, que inclui montanhas, vales, rios, cascatas, bosques e aldeias típicas. O ponto mais alto do parque é a Serra do Alvão, com 1.339 metros de altitude. O parque é também um refúgio para várias espécies de fauna e flora, algumas delas endémicas ou ameaçadas. Entre as atrações do parque, destacam-se as Fisgas de Ermelo, um conjunto de quedas de água impressionantes; as aldeias de Lamas de Olo e Ermelo, onde se podem apreciar as casas tradicionais em granito; e o Centro Interpretativo do Parque Natural do Alvão, onde se pode obter informação sobre o património natural e cultural da região. A entrada no parque é gratuita e o horário de funcionamento do centro interpretativo é das 9h30 às 12h30 e das 14h às 17h30 (encerra à segunda-feira).

Museu do Som e da Imagem

O Museu do Som e da Imagem é um espaço dedicado à preservação e divulgação da memória sonora e visual da região. Fica situado na Rua Miguel Bombarda, num edifício que foi outrora a sede da Rádio Clube Marão. O museu foi inaugurado em 2001 e tem uma coleção composta por mais de 10 mil objetos relacionados com o som e a imagem, como rádios, gramofones, discos, câmaras fotográficas, projetores, cartazes e fotografias. O museu tem também uma sala de cinema, onde se exibem filmes antigos ou contemporâneos. A entrada custa 2 euros por pessoa e o horário de funcionamento é das 10h às 13h e das 14h às 18h (encerra à segunda-feira).

Igreja dos Clérigos

A Igreja dos Clérigos é uma igreja barroca situada na Praça Camilo Castelo Branco. Foi construída entre 1760 e 1767, por iniciativa da Irmandade dos Clérigos, uma congregação de padres seculares. A igreja tem uma planta em cruz latina, com uma nave única e uma capela-mor. A fachada é ornamentada com colunas, nichos e esculturas. No interior, destacam-se os retábulos em talha dourada, os azulejos azuis e brancos e as pinturas do teto. A igreja é também conhecida pela sua torre sineira, que tem 40 metros de altura e oferece uma vista panorâmica sobre a cidade. A entrada na igreja é gratuita e o horário de funcionamento é das 9h às 18h.

Solar de Mateus

O Solar de Mateus é um edifício nobre situado na Rua do Solar, a cerca de 2 km do centro da cidade. Foi mandado construir no século XVII pelo 1º Morgado de Mateus, Francisco da Costa Teixeira, e é um exemplo do estilo maneirista. O solar tem uma fachada simétrica, com duas torres laterais e um portal central. No interior, há várias salas decoradas com mobiliário, pintura, escultura e porcelana. O solar é também rodeado por um jardim à francesa, onde se encontram canteiros, sebes, fontes e estátuas. O solar é atualmente a sede da Fundação da Casa de Mateus, que promove atividades culturais e educativas. A visita ao solar e ao jardim custa 10 euros por pessoa e o horário de funcionamento é das 10h às 18h (encerra à segunda-feira).

O que ver e visitar em Vila Real: a nossa surpresa

Chegámos ao final do nosso artigo sobre o que ver e visitar em Vila Real, mas ainda temos uma surpresa para ti. Se ficaste com vontade de conhecer esta cidade maravilhosa, temos uma sugestão de alojamento que vais adorar. Trata-se do Hotel Miracorgo, um hotel de quatro estrelas situado na Avenida 1º de Maio, junto ao rio Corgo. O hotel tem 166 quartos confortáveis e modernos, equipados com ar condicionado, televisão, minibar e wi-fi. Tem ainda um restaurante panorâmico, onde podes saborear a gastronomia local, um bar, uma piscina exterior, um ginásio e um spa. O hotel tem também uma localização privilegiada, perto dos principais pontos de interesse da cidade. O preço por noite varia entre 60 e 100 euros, consoante a época e o tipo de quarto. Podes fazer a tua reserva através do site [Hotel Miracorgo] ou do telefone +351 259 325 001. Esperamos que tenhas gostado deste artigo sobre o que ver e visitar em Vila Real e que te tenhamos inspirado a descobrir esta cidade cheia de encantos. Se tiveres alguma dúvida ou sugestão, deixa-nos um comentário abaixo. E não te esqueças de partilhar este artigo com os teus amigos nas redes sociais. Até breve!

flecha azul separadora

PROGRAMA A TUA VIAGEM

Reserva os teus voos baratos através do Skyscanner.

Reserva o teu hotel no Booking, com toda a garantia e segurança de uma plataforma mundialmente reconhecida.

Descobre as melhores atividades do teu destino com a Civitatis! Entradas para museus, espetáculos e muito mais.

Chegaste ao aeroporto e procuras um transfer privado para te levar ao hotel ou ao centro da cidade? Aqui estão as melhores opções!

Contrata o teu seguro de viagens com a IATI através dos nossos links e recebe 5% de desconto!

À procura de estacionamento em Portugal, Espanha, França ou Itália? Reserva o teu lugar de estacionamento com antecedência na Parclick!

Faz as tuas reservas através dos links parceiros que te deixo no final de cada artigo. Ao utilizares estes links NÃO PAGAS MAIS e ajudas-me a manter o blog, já que recebo uma pequena comissão por cada venda. Muito obrigada!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.