O que ver e visitar em Bragança 1
Portugal,  Europa

O que ver e visitar em Bragança

Hoje vamos falar-te de uma cidade que talvez não esteja no topo da tua lista de viagens, mas que tem muito para te surpreender: Bragança. Neste artigo, vamos mostrar-te o que ver e visitar em Bragança, uma das cidades mais antigas e históricas do país, situada na região de Trás-os-Montes, junto à fronteira com Espanha. Vais ficar a conhecer o seu património cultural, natural e gastronómico, e as razões pelas quais vale a pena visitar Bragança pelo menos uma vez na vida.

O que ver e visitar em Bragança 2

O que ver e visitar em Bragança: o centro histórico

Bragança é uma cidade com mais de 800 anos de história, que foi palco de importantes acontecimentos na formação e defesa de Portugal. O seu centro histórico é um dos mais bem preservados do país, e um dos principais pontos de interesse para quem quer visitar Bragança. Aqui, vais encontrar monumentos emblemáticos, como o Castelo de Bragança, a Domus Municipalis, a Sé Velha e o Pelourinho, que testemunham a riqueza e a importância desta cidade ao longo dos séculos.

O Castelo de Bragança é um dos mais belos e imponentes do país, construído no século XII para proteger a fronteira com o reino de Leão. Dentro das suas muralhas, podes visitar a Torre de Menagem, que alberga o Museu Militar, onde podes ver armas, uniformes e outros objetos relacionados com a história militar da região. Podes também admirar a vista panorâmica sobre a cidade e os arredores, desde o rio Fervença até à serra de Montesinho. O Castelo está aberto todos os dias, das 9h às 17h30 (no inverno) ou das 9h às 19h (no verão), e a entrada custa 2 euros.

O que ver e visitar em Bragança 3

A Domus Municipalis é um edifício único em Portugal e na Península Ibérica, datado do século XV. Trata-se de uma construção em pedra, com uma forma pentagonal e uma cisterna no interior, que servia como sede do concelho medieval. Aqui se reuniam os representantes do povo para discutir os assuntos da cidade e da região. A Domus Municipalis é um exemplo da arquitetura românica civil, e um símbolo da autonomia e do poder local de Bragança. Podes visitá-la todos os dias, das 9h às 17h30 (no inverno) ou das 9h às 19h (no verão), e a entrada é gratuita.

A Sé Velha de Bragança é a igreja matriz da cidade, fundada no século XII pelo primeiro rei de Portugal, D. Afonso Henriques. Foi reconstruída no século XVI, no estilo renascentista, mas conserva alguns elementos românicos e góticos. No seu interior, destacam-se os retábulos dourados, os azulejos do século XVII e o órgão de tubos do século XVIII. A Sé Velha está situada na Praça da Sé, onde também podes ver o Pelourinho, um monumento que simboliza a justiça e a autoridade do município. A Sé Velha está aberta todos os dias, das 9h às 12h30 e das 14h às 17h30 (no inverno) ou das 9h às 12h30 e das 14h30 às 18h (no verão), e a entrada é gratuita.

O que ver e visitar em Bragança 4

O que ver e visitar em Bragança: os museus

Bragança é uma cidade com uma forte identidade cultural, que se reflete na sua oferta museológica. Se queres conhecer melhor a história, a arte e as tradições desta região, não deixes de visitar alguns dos seus museus mais interessantes. O Museu Ibérico da Máscara e do Traje é um espaço dedicado à preservação e divulgação das manifestações culturais ligadas à máscara ibérica. Aqui podes ver uma coleção de máscaras tradicionais usadas nas festas populares de inverno em Portugal e Espanha, como os Caretos de Podence, os Diabos de Vila Real ou os Zangarrones de Zamora. Podes também apreciar os trajes típicos, os instrumentos musicais e os objetos relacionados com estas celebrações ancestrais. O Museu Ibérico da Máscara e do Traje está aberto de terça a domingo, das 9h às 12h30 e das 14h às 17h30 (no inverno) ou das 9h às 12h30 e das 14h30 às 18h (no verão), e a entrada custa 1 euro.

O que ver e visitar em Bragança 5

O Centro de Arte Contemporânea Graça Morais é um espaço dedicado à obra da pintora transmontana Graça Morais, uma das mais importantes artistas plásticas portuguesas da atualidade. Aqui podes ver uma exposição permanente com cerca de 80 obras da artista, que retratam temas como a natureza, a mulher, a violência e a identidade. Podes também ver exposições temporárias de outros artistas nacionais e internacionais, que dialogam com a obra de Graça Morais. O Centro de Arte Contemporânea Graça Morais está aberto de terça a domingo, das 10h às 18h, e a entrada custa 2 euros.

O Centro de Fotografia Georges Dussaud é um espaço dedicado à obra do fotógrafo francês Georges Dussaud, que se apaixonou por Trás-os-Montes e aqui se instalou nos anos 80. Aqui podes ver uma coleção de fotografias que retratam as paisagens, as gentes e as tradições desta região, com um olhar sensível e poético. Podes também ver exposições temporárias de outros fotógrafos, que complementam a visão de Dussaud. O Centro de Fotografia Georges Dussaud está aberto de terça a domingo, das 10h às 18h, e a entrada é gratuita.

O Museu do Abade de Baçal é um museu de história e arqueologia, instalado na antiga residência do abade Francisco Manuel Alves, um dos mais ilustres historiadores da região. Aqui podes ver uma coleção de objetos que ilustram a história de Bragança e de Trás-os-Montes, desde a pré-história até ao século XX. Podes também ver uma biblioteca com mais de 20 mil volumes, entre os quais se destaca a obra do próprio abade. O Museu do Abade de Baçal está aberto de terça a domingo, das 9h às 12h30 e das 14h às 17h30 (no inverno) ou das 9h às 12h30 e das 14h30 às 18h (no verão), e a entrada custa 1 euro.

O que ver e visitar em Bragança 6

O que ver e visitar em Bragança: o Corredor Verde do Fervença

Se queres desfrutar da natureza dentro da cidade, não deixes de visitar o Corredor Verde do Fervença, um parque urbano que acompanha o curso do rio Fervença desde o Castelo até à antiga estação ferroviária. Aqui podes fazer um passeio pedestre ou ciclável por um percurso de cerca de 3 km, onde podes apreciar a vegetação ribeirinha, as pontes históricas e as cascatas do rio. Podes também ver algumas obras de arte urbana, como as esculturas em lixo reciclado do artista Bordalo II, que representam animais típicos da região, como o javali, o camaleão e a gineta. O Corredor Verde do Fervença é um espaço gratuito e aberto ao público todos os dias.

O que ver e visitar em Bragança 7

O que ver e visitar em Bragança: as aldeias históricas

Bragança é uma cidade que se orgulha das suas raízes rurais, e por isso não podes deixar de visitar algumas das suas aldeias históricas, que conservam o património arquitetónico, cultural e natural da região. Aqui ficam algumas sugestões:

  • Montesinho: uma aldeia situada no Parque Natural de Montesinho, onde podes ver casas típicas em granito e xisto, com varandas em madeira e telhados em colmo. Podes também visitar o Museu Rural do Montesinho, onde podes conhecer o modoe vida rural e as tradições locais. Montesinho é uma das aldeias mais bonitas de Bragança e do Parque Natural de Montesinho, e um lugar ideal para apreciar a tranquilidade e a autenticidade desta região.
  • Rio de Onor: uma aldeia singular, que se divide entre Portugal e Espanha, mas que mantém uma forte coesão comunitária. Aqui, os habitantes partilham os recursos naturais, como a água, a lenha e os pastos, e praticam uma economia de subsistência, baseada na agricultura, na pecuária e no artesanato. Rio de Onor é um exemplo de uma aldeia comunitária, onde se fala uma língua própria, o rionorês, e onde se conservam costumes ancestrais, como as festas dos rapazes ou a junta de bois. Podes visitar o Núcleo Museológico de Rio de Onor, onde podes conhecer melhor a história e a cultura desta aldeia única.
  • Guadramil: uma aldeia que também se situa na fronteira com Espanha, e que partilha algumas semelhanças com Rio de Onor. Aqui, também se fala uma língua própria, o guadramilês, e também se mantêm algumas práticas comunitárias, como a gestão dos baldios ou a celebração das festas dos rapazes. Guadramil é uma aldeia que se destaca pela sua arquitetura tradicional, com casas em granito e xisto, e pela sua paisagem envolvente, dominada pela serra da Coroa. Podes visitar o Centro Interpretativo da Cultura Local de Guadramil, onde podes ver uma exposição sobre a vida e as tradições desta aldeia.

O que ver e visitar em Bragança 8

O que ver e visitar em Bragança: a gastronomia

Bragança é uma cidade que se orgulha da sua gastronomia, que reflete a riqueza e a diversidade dos produtos da terra. Aqui, podes provar pratos típicos da cozinha transmontana, como o cozido à transmontana, o butelo com casulas, o polvo à lagareiro ou o cabrito assado no forno. Podes também deliciar-te com os enchidos e os fumeiros, como a alheira de Mirandela, o salpicão ou a chouriça. E não te esqueças de acompanhar as tuas refeições com um bom vinho da região, como o vinho de Trás-os-Montes ou o vinho do Porto. Para terminar em beleza, não deixes de provar as sobremesas típicas de Bragança, como os pastéis de Santa Clara, os pastéis de Chaves, as súplicas ou as roscas de amêndoa. E se quiseres levar contigo um pouco do sabor desta região, podes comprar alguns produtos locais, como o mel, o azeite, o queijo ou as compotas.

O que ver e visitar em Bragança 9

Bragança é uma cidade que tem muito para te oferecer, seja pela sua história, pela sua cultura ou pela sua natureza. Se queres descobrir um destino diferente e surpreendente em Portugal, não hesites em visitar Bragança e deixar-te encantar pelo seu património e pelas suas gentes. Garantimos-te que não te vais arrepender!

O que fazer em bragança

Bragança é uma cidade situada no nordeste de Portugal, conhecida por sua rica história e cultura. Há muitas coisas interessantes para se fazer nesta encantadora cidade. Uma das principais atrações é o Castelo de Bragança, uma fortaleza medieval que oferece uma vista panorâmica deslumbrante da região. Além disso, o castelo abriga um museu que conta a história da cidade e da região.

O Centro Histórico de Bragança também é um lugar que vale a pena visitar. É uma área pitoresca, com ruas estreitas e casas antigas de pedra. Aqui você encontrará lojas de artesanato, cafés e restaurantes que servem pratos tradicionais. Não deixe de experimentar a famosa posta à mirandesa, um prato de carne típico da região.

Outra atração imperdível em Bragança é o Zoo de Bragança. Este é um lugar divertido para toda a família, onde você pode ver uma grande variedade de animais, incluindo leões, girafas e elefantes. O zoológico também oferece atividades interativas, como alimentar os animais e passeios de pônei.

Além disso, se você é amante da natureza, não pode deixar de visitar o Parque Natural de Montesinho. Este parque é uma área protegida que oferece paisagens deslumbrantes, trilhas para caminhadas e a oportunidade de observar a vida selvagem. É um ótimo lugar para relaxar e desfrutar da natureza.

Em resumo, Bragança é uma cidade com muitas atrações interessantes. Do castelo histórico ao centro antigo encantador, do zoológico divertido ao parque natural deslumbrante, há algo para todos os gostos. Se você está planejando uma visita a Portugal, não deixe de incluir Bragança em seu itinerário.

Aldeias a visitar em bragança

Bragança é uma cidade encantadora localizada no nordeste de Portugal. Além de sua rica história e arquitetura impressionante, a região também é conhecida por suas pitorescas aldeias que vale a pena visitar. Aqui estão algumas das aldeias mais encantadoras para explorar em Bragança:

Miranda do Douro: Localizada nas margens do rio Douro, Miranda do Douro é uma aldeia cheia de charme e tradição. Conhecida por sua linguagem única, o mirandês, e por seu rico patrimônio cultural, esta aldeia é o lugar perfeito para mergulhar na cultura local. Não deixe de visitar a catedral da cidade e desfrutar das vistas deslumbrantes do rio Douro.

Mogadouro: Situada no coração do Parque Natural de Montesinho, Mogadouro é uma aldeia que combina a beleza natural com a história. Passeie pelas ruas estreitas e admire as casas de granito tradicionais. Não perca o castelo medieval de Mogadouro, que oferece uma vista panorâmica da região.

Freixo de Espada à Cinta: Localizada na fronteira com a Espanha, Freixo de Espada à Cinta é uma aldeia rica em história e paisagens deslumbrantes. Explore o centro histórico, onde você encontrará casas antigas e uma atmosfera encantadora. Não deixe de visitar o castelo de Freixo de Espada à Cinta, que remonta ao século XIII.

Alfândega da Fé: Situada em uma área montanhosa, Alfândega da Fé é uma aldeia tranquila e pitoresca. Rodeada por paisagens deslumbrantes, esta aldeia é perfeita para os amantes da natureza. Explore as trilhas ao redor da aldeia e desfrute de vistas panorâmicas. Não deixe de visitar a igreja matriz e o museu municipal.

Carrazeda de Ansiães: Localizada às margens do rio Douro, Carrazeda de Ansiães é uma aldeia cheia de história e beleza natural. Passeie pelas ruas estreitas, visite a igreja matriz e explore o castelo medieval. Não perca a oportunidade de fazer um passeio de barco pelo rio Douro e apreciar as paisagens deslumbrantes.

flecha azul separadora

PROGRAMA A TUA VIAGEM

Reserva os teus voos baratos através do Skyscanner.

Reserva o teu hotel no Booking, com toda a garantia e segurança de uma plataforma mundialmente reconhecida.

Descobre as melhores atividades do teu destino com a Civitatis! Entradas para museus, espetáculos e muito mais.

Chegaste ao aeroporto e procuras um transfer privado para te levar ao hotel ou ao centro da cidade? Aqui estão as melhores opções!

Contrata o teu seguro de viagens com a IATI através dos nossos links e recebe 5% de desconto!

À procura de estacionamento em Portugal, Espanha, França ou Itália? Reserva o teu lugar de estacionamento com antecedência na Parclick!

Faz as tuas reservas através dos links parceiros que te deixo no final de cada artigo. Ao utilizares estes links NÃO PAGAS MAIS e ajudas-me a manter o blog, já que recebo uma pequena comissão por cada venda. Muito obrigada!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.