O que ver e visitar em Évora 1
Portugal,  Europa

O que ver e visitar em Évora

Hoje quero falar sobre uma das cidades mais antigas e encantadoras do país: Évora. Se está a pensar visitar Évora, este artigo é para si. Vamos mostrar o que ver e visitar em Évora, uma cidade que é Património Mundial da UNESCO desde 1986 e que tem muito para oferecer aos seus visitantes. Desde monumentos históricos a paisagens naturais, passando pela gastronomia e pelo artesanato, Évora é um destino que não vai querer perder. Mas antes de começarmos, deixe-nos fazer-lhe uma pergunta: sabe qual é o símbolo mais famoso de Évora? Se pensou no Templo Romano, acertou. Mas sabia que este templo não é dedicado à deusa Diana, como se pensava antigamente? Na verdade, não se sabe ao certo a quem era dedicado, mas há indícios de que poderia ser a Júpiter, o deus supremo do panteão romano. Curioso, não é? Pois bem, este é apenas um dos muitos mistérios e segredos que Évora guarda nas suas ruas e edifícios. Quer descobri-los connosco? Então continue a ler e prepare-se para uma viagem inesquecível pela cidade-museu do Alentejo.

O que ver e visitar em Évora 2

Como chegar a Évora

Évora fica situada no centro do Alentejo, a cerca de 130 km de Lisboa e a 180 km de Faro. Para chegar a Évora, pode optar por vários meios de transporte, dependendo da sua preferência e do seu orçamento. De carro, pode seguir pela autoestrada A2 até à saída para a A6, que o levará diretamente a Évora. O tempo de viagem é de cerca de uma hora e meia desde Lisboa e de duas horas e meia desde Faro. De autocarro, pode viajar com as empresas Rede Expressos ou Eva Transportes, que têm ligações regulares entre as principais cidades portuguesas e Évora. O tempo de viagem é de cerca de duas horas desde Lisboa e de três horas desde Faro. De comboio, pode viajar com a CP (Comboios de Portugal), que tem serviços Intercidades e Regionais entre Lisboa e Évora. O tempo de viagem é de cerca de uma hora e 40 minutos no Intercidades e de duas horas e meia no Regional. A estação ferroviária de Évora fica a cerca de 15 minutos a pé do centro histórico.

Onde ficar em Évora

Évora tem uma boa oferta de alojamento para todos os gostos e bolsas. Pode escolher entre hotéis, pousadas, hostels, apartamentos ou casas rurais, dependendo do tipo de experiência que procura. Se quiser ficar no centro histórico, pode optar por um dos vários hotéis que se encontram nas proximidades dos principais monumentos e atrações da cidade. Por exemplo, pode ficar no Hotel Riviera, um hotel de três estrelas que ocupa um edifício histórico na Rua 5 de Outubro, a poucos metros da Praça do Giraldo. Ou pode ficar no M’AR De AR Aqueduto, um hotel de cinco estrelas que funciona num antigo palácio do século XVI, junto ao Aqueduto da Água de Prata.

Se preferir um alojamento mais económico, pode optar por um dos vários hostels ou guesthouses que existem na cidade. Por exemplo, pode ficar no Old Evora Hostel, um hostel acolhedor e familiar que fica numa casa típica alentejana na Rua Serpa Pinto. Ou pode ficar no Casa Morgado Esporão, uma guesthouse elegante e confortável que fica num edifício do século XVIII na Rua do Cano.

Se quiser um alojamento mais tranquilo e rural, pode optar por uma das várias casas ou quintas que se encontram nos arredores da cidade. Por exemplo, pode ficar na Casa do Vale Hotel, um hotel rural de quatro estrelas que fica numa propriedade com piscina e jardim na Estrada Nacional 114. Ou pode ficar na Quinta da Espada, uma quinta de turismo rural que fica numa herdade com vinha e olival na Estrada de Alcáçovas.

O que ver e visitar em Évora 3

O que ver e visitar em Évora

Évora é uma cidade que tem muito para ver e visitar, tanto no seu centro histórico como nos seus arredores. A cidade tem um património cultural e arquitetónico riquíssimo, que reflete a sua longa e diversa história. Aqui pode encontrar vestígios da época romana, da época medieval, da época renascentista, da época barroca e da época contemporânea. Além disso, a cidade tem uma paisagem natural deslumbrante, que convida a explorar os seus campos, as suas vinhas, as suas oliveiras e as suas pedras milenares. Para o ajudar a planear a sua visita, selecionamos 10 lugares que não pode perder em Évora. São eles:

Templo Romano

O Templo Romano é o monumento mais emblemático de Évora e um dos mais importantes do país. Trata-se de um templo coríntio, construído no século I d.C., que fazia parte do fórum romano da cidade. O templo tem 14 colunas de granito, com capitéis e bases de mármore, que sustentam uma arquitrave e um friso decorado com motivos florais. O templo foi classificado como Monumento Nacional em 1910 e como Património Mundial pela UNESCO em 1986. Pode visitar o templo gratuitamente, todos os dias, das 9h às 18h.

O que ver e visitar em Évora 4

Sé Catedral

A Sé Catedral é a maior catedral medieval de Portugal e um dos mais belos exemplos da arquitetura gótica no país. Foi construída entre os séculos XIII e XIV, sobre uma antiga mesquita árabe, e tem uma planta em cruz latina, com três naves, um transepto e um coro alto. A fachada principal tem um portal ogival com estátuas dos apóstolos e um rosáceo com vitrais coloridos. O interior da catedral tem vários elementos de interesse, como o altar-mor, o órgão de tubos, o claustro gótico e o tesouro-museu. Pode visitar a catedral todos os dias, das 9h às 18h30 (no verão) ou das 9h às 17h (no inverno). O bilhete custa 2,50 euros para a catedral ou 3,50 euros para a catedral e o claustro.

O que ver e visitar em Évora 5

Capela dos Ossos

A Capela dos Ossos é uma das atrações mais curiosas e macabras de Évora. Faz parte da Igreja de São Francisco e foi construída no século XVII, por iniciativa de três frades franciscanos que queriam transmitir uma mensagem sobre a transitoriedade da vida. A capela tem as paredes e os pilares revestidos com cerca de 5000 ossos humanos, provenientes dos cemitérios da cidade. Na entrada da capela pode ler-se a inscrição: “Nós ossos que aqui estamos pelos vossos esperamos”. No interior da capela pode ver também dois esqueletos inteiros pendurados por correntes, um dos quais se diz ser de uma criança. Pode visitar a capela todos os dias, das 9h às 12h45 e das 14h30 às 17h45 (no verão) ou das 9h às 12h30 e das 14h30 às 17h (no inverno). O bilhete custa 4 euros para a capela ou 5 euros para a capela e o museu.

O que ver e visitar em Évora 6

Aqueduto da Água de Prata

O Aqueduto da Água de Prata é uma obra-prima da engenharia hidráulica do século XVI, que foi mandada construir pelo rei D. João III para abastecer a cidade de água potável. O aqueduto tem cerca de 18 km de extensão e atravessa vários pontos da cidade, sendo visível sobretudo na Rua do Cano. Aqui pode ver as arcadas do aqueduto que se elevam até aos 26 metros de altura e que albergam várias casas nas suas bases. O aqueduto é um dos pontos mais altos da cidade, de onde se pode ter uma vista panorâmica sobre os telhados e as muralhas. Pode visitar o aqueduto gratuitamente, todos os dias, a qualquer hora.

O que ver e visitar em Évora 7

Palácio de D. Manuel

O Palácio de D. Manuel é um dos edifícios mais emblemáticos de Évora, pois foi a residência oficial dos reis portugueses durante o século XVI. Foi neste palácio que nasceu o rei D. João III e que morreu a rainha D. Leonor. O palácio foi construído no estilo manuelino, com elementos góticos e mudéjares, e tinha uma grande dimensão e riqueza. No entanto, sofreu vários danos ao longo dos séculos, sobretudo com o terramoto de 1755 e com as invasões francesas. Hoje em dia, resta apenas uma parte do palácio, que inclui a Galeria das Damas, o Salão Nobre e a Capela Real. O palácio alberga também o Museu de Artes Decorativas, que expõe peças de mobiliário, cerâmica, tapeçaria e pintura. Pode visitar o palácio de terça a domingo, das 9h30 às 12h30 e das 14h às 17h30. O bilhete custa 2 euros.

O que ver e visitar em Évora 8

Igreja de Santo Antão

A Igreja de Santo Antão é uma das mais belas igrejas de Évora e um dos melhores exemplos da arquitetura renascentista no país. Foi construída entre os séculos XVI e XVII, por ordem do cardeal-infante D. Henrique, que está sepultado no seu interior. A fachada da igreja tem um portal clássico com colunas coríntias e um frontão triangular, ladeado por duas torres sineiras. O interior da igreja tem uma nave única com capelas laterais, decoradas com talha dourada, azulejos e pinturas. Destaca-se o retábulo do altar-mor, obra-prima do escultor flamengo Nicolau Chanterene, que representa cenas da vida de Santo Antão. Pode visitar a igreja todos os dias, das 9h às 18h.

O que ver e visitar em Évora 9

Jardim Público

O Jardim Público é o maior e mais antigo parque da cidade, ideal para relaxar e desfrutar da natureza. Foi criado no século XIX, no local onde existia o antigo paço real dos duques de Bragança. O jardim tem vários recantos encantadores, como o lago dos patos, o coreto, o miradouro e o labirinto de buxo. No jardim pode também encontrar alguns monumentos históricos, como as ruínas do palácio dos duques de Bragança, a fonte das Portas de Moura e o chafariz barroco. O jardim alberga ainda o Museu de Arte Contemporânea, que expõe obras de artistas portugueses e estrangeiros do século XX e XXI. Pode visitar o jardim todos os dias, das 8h às 20h (no verão) ou das 8h às 18h (no inverno).

O que ver e visitar em Évora 10

Cromeleque dos Almendres

O Cromeleque dos Almendres é um dos monumentos megalíticos mais importantes da Europa e um dos mais antigos do mundo. Trata-se de um conjunto de cerca de 95 menires de pedra, dispostos em círculos concêntricos, que datam do Neolítico (entre 6000 e 4000 a.C.). O cromeleque teria uma função religiosa e astronómica, relacionada com os ciclos solares e lunares. O cromeleque fica situado a cerca de 15 km de Évora, numa zona rural rodeada de sobreiros e oliveiras. Pode visitar o cromeleque gratuitamente, todos os dias, a qualquer hora.

O que ver e visitar em Évora 11

Évora é uma cidade que merece ser visitada com tempo e atenção, pois tem muito para oferecer aos seus visitantes. É uma cidade que combina história, cultura, natureza e gastronomia numa harmonia perfeita. É uma cidade que surpreende pela sua beleza e pela sua autenticidade. É uma cidade que não se esquece. Esperamos que este artigo tenha despertado a sua curiosidade e o tenha inspirado a visitar Évora. Se gostou deste artigo, partilhe-o com os seus amigos e familiares nas redes sociais. E se já visitou Évora, deixe-nos um comentário com a sua opinião e as suas sugestões. Obrigado por nos acompanhar nesta viagem pela cidade-museu do Alentejo.

flecha azul separadora

PROGRAMA A TUA VIAGEM

Reserva os teus voos baratos através do Skyscanner.

Reserva o teu hotel no Booking, com toda a garantia e segurança de uma plataforma mundialmente reconhecida.

Descobre as melhores atividades do teu destino com a Civitatis! Entradas para museus, espetáculos e muito mais.

Chegaste ao aeroporto e procuras um transfer privado para te levar ao hotel ou ao centro da cidade? Aqui estão as melhores opções!

Contrata o teu seguro de viagens com a IATI através dos nossos links e recebe 5% de desconto!

À procura de estacionamento em Portugal, Espanha, França ou Itália? Reserva o teu lugar de estacionamento com antecedência na Parclick!

Faz as tuas reservas através dos links parceiros que te deixo no final de cada artigo. Ao utilizares estes links NÃO PAGAS MAIS e ajudas-me a manter o blog, já que recebo uma pequena comissão por cada venda. Muito obrigada!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.