O que ver e visitar na Guarda 1
Portugal,  Europa

O que ver e visitar na Guarda

A Guarda é a cidade mais alta de Portugal, situada a mais de 1000 metros de altitude. É também uma das cidades mais antigas e históricas do país, com vestígios de ocupação desde a época romana. Neste artigo, vamos mostrar-te o que ver e visitar na Guarda, desde os seus monumentos mais impressionantes até aos seus miradouros mais espetaculares. Vais descobrir locais para ver na Guarda que te vão deixar de boca aberta e fascinar pela sua beleza e singularidade. Além disso, vamos dar-te algumas dicas práticas para conheceres a Guarda da melhor forma possível. Fica connosco e prepara-te para visitar a Guarda como nunca antes!

O que ver e visitar na Guarda: um roteiro pelo centro histórico

A Guarda é uma cidade que se orgulha da sua história e do seu património. Fundada no século XII por D. Sancho I, a Guarda foi uma importante fortaleza na defesa da fronteira com Espanha e testemunhou vários episódios marcantes da história de Portugal. O seu centro histórico é um verdadeiro museu ao ar livre, onde se podem admirar monumentos de diferentes épocas e estilos, desde o românico ao barroco.

O que ver e visitar na Guarda 2

Um bom ponto de partida para conhecer a Guarda é a Praça Luís de Camões, também conhecida como Praça Velha. Aqui se encontra a imponente Sé Catedral da Guarda, um dos exemplos mais notáveis do gótico português. A sua construção iniciou-se em 1390 e prolongou-se por mais de dois séculos, resultando numa obra majestosa e harmoniosa. No seu interior, destacam-se o órgão de tubos, o retábulo-mor, os azulejos e as capelas laterais. A entrada na Sé é gratuita e o horário de funcionamento é das 9h às 18h.

Ao lado da Sé, pode visitar o Museu da Guarda, instalado no antigo Paço Episcopal. Este museu apresenta uma coleção variada de arte sacra, arqueologia, pintura, escultura e etnografia, que ilustram a história e a cultura da região. O museu está aberto de terça a domingo, das 10h às 12h30 e das 14h às 17h30. O bilhete custa 2 euros.

Na mesma praça, pode ainda apreciar o Pelourinho da Guarda, um símbolo do poder municipal e da autonomia da cidade. Este pelourinho data do século XVI e tem uma forma octogonal, com quatro escudos representando as armas reais e as armas da cidade.

O que ver e visitar na Guarda 3

Outro edifício que merece a sua atenção é a Igreja da Misericórdia, situada na Rua Direita. Esta igreja foi construída no século XVII e tem uma fachada simples mas elegante, com um portal renascentista e um nicho com a imagem de Nossa Senhora da Misericórdia. No interior, pode admirar o altar-mor em talha dourada e os painéis de azulejos que narram as obras de misericórdia.

Continuando pela Rua Direita, chega-se à Judiaria da Guarda, um dos bairros mais antigos e típicos da cidade. Aqui se instalaram os judeus que foram expulsos de Castela no final do século XV e que contribuíram para o desenvolvimento económico e cultural da Guarda. Nesta zona, pode observar as casas antigas com varandas de madeira, as ruas estreitas e sinuosas e a antiga sinagoga, que hoje é uma capela dedicada a São Vicente.

No final da Rua Direita, encontra-se o Castelo da Guarda, o monumento mais emblemático da cidade. O castelo foi construído no século XII por ordem de D. Sancho I e foi ampliado e reforçado ao longo dos séculos. A sua torre de menagem tem 27 metros de altura e oferece uma vista panorâmica sobre a cidade e a paisagem envolvente. Pode subir à torre gratuitamente todos os dias das 9h às 19h.

O que ver e visitar na Guarda 4

O que ver e visitar na Guarda: outras atrações na cidade

Além do centro histórico, há outros locais que vale a pena visitar na Guarda. Um deles é o Santuário de Nossa Senhora do Mileu, situado nos arredores da cidade. Este santuário é um dos mais antigos e venerados do país e remonta ao século XII. Segundo a lenda, neste local apareceu uma imagem da Virgem Maria a um pastor, que a levou para a sua casa. No dia seguinte, a imagem voltou milagrosamente ao local da aparição, o que foi interpretado como um sinal divino para construir uma capela. O santuário atual é do século XVIII e tem uma fachada barroca e um interior decorado com azulejos e talha dourada.

O que ver e visitar na Guarda 5

Junto ao santuário, pode visitar a Estação Arqueológica da Póvoa do Mileu, um sítio que revela vestígios de ocupação humana desde a pré-história até à época romana. Aqui se podem ver as ruínas de uma villa romana, com mosaicos, termas e um mausoléu. A estação arqueológica está aberta de terça a domingo, das 10h às 12h30 e das 14h às 17h30. A entrada é gratuita.

Outro lugar interessante para visitar na Guarda é o Parque Urbano do Rio Diz, um espaço verde e tranquilo que convida ao lazer e ao contacto com a natureza. O parque tem cerca de 20 hectares e inclui zonas ajardinadas, lagos, parques infantis, campos desportivos e percursos pedestres. É o local ideal para fazer um piquenique, praticar exercício ou simplesmente relaxar.

O que ver e visitar na Guarda 6

O que ver e visitar na Guarda: passeios nos arredores

A Guarda é também um excelente ponto de partida para explorar os arredores, onde se encontram alguns dos mais belos e surpreendentes locais da região. Um deles é os Passadiços do Mondego, um percurso pedestre de 10 quilómetros que acompanha o rio Mondego desde a aldeia de Porto da Carne até à aldeia de Cavadoude. Ao longo do caminho, pode desfrutar da paisagem natural, observar a fauna e a flora e atravessar pontes suspensas. Os passadiços estão abertos todos os dias das 9h às 18h e o bilhete custa 5 euros.

O que ver e visitar na Guarda 7

Outro passeio que pode fazer a partir da Guarda é visitar o Castro do Jarmelo e a Vila abandonada de Jarmelo. O Castro do Jarmelo é um dos mais importantes vestígios da cultura castreja na Península Ibérica e data do século IV a.C. Aqui se podem ver as ruínas das muralhas, das casas circulares e da cisterna. A Vila abandonada de Jarmelo é uma aldeia medieval que foi abandonada no século XIX devido à peste e à desertificação. Nesta aldeia, pode visitar o pelourinho, a igreja matriz, o convento de São Francisco e o solar dos Távoras. A entrada é livre.

Por fim, se gosta de natureza e de monumentos megalíticos, não deixe de visitar a Anta da Pera do Moço e o Castanheiro Gigante. A Anta da Pera do Moço é um dos mais bem conservados dolmens da região e data do Neolítico. Tem uma câmara funerária composta por sete esteios de granito e uma laje de cobertura com cerca de quatro metros de diâmetro. O Castanheiro Gigante é uma árvore secular que tem mais de 500 anos e um perímetro de 12 metros. É considerado um dos maiores castanheiros da Europa e está classificado como árvore de interesse público.

O que ver e visitar na Guarda 8

O que ver e visitar na Guarda: conclusão

Como pode ver, há muito para ver e visitar na Guarda, uma cidade que combina história, cultura e natureza. Se está à procura de um destino diferente e encantador em Portugal, não hesite em visitar a Guarda e descobrir os seus tesouros escondidos. Esperamos que tenha gostado deste artigo sobre o que ver e visitar na Guarda e que tenha ficado com vontade de conhecer esta cidade maravilhosa. Se tiver alguma dúvida ou sugestão, deixe-nos um comentário abaixo. E não se esqueça de seguir o nosso blogue Falar de Viagens para estar sempre a par das melhores dicas para viajar em Portugal.

flecha azul separadora

PROGRAMA A TUA VIAGEM

Reserva os teus voos baratos através do Skyscanner.

Reserva o teu hotel no Booking, com toda a garantia e segurança de uma plataforma mundialmente reconhecida.

Descobre as melhores atividades do teu destino com a Civitatis! Entradas para museus, espetáculos e muito mais.

Chegaste ao aeroporto e procuras um transfer privado para te levar ao hotel ou ao centro da cidade? Aqui estão as melhores opções!

Contrata o teu seguro de viagens com a IATI através dos nossos links e recebe 5% de desconto!

À procura de estacionamento em Portugal, Espanha, França ou Itália? Reserva o teu lugar de estacionamento com antecedência na Parclick!

Faz as tuas reservas através dos links parceiros que te deixo no final de cada artigo. Ao utilizares estes links NÃO PAGAS MAIS e ajudas-me a manter o blog, já que recebo uma pequena comissão por cada venda. Muito obrigada!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.